Jesus doou Seu sangue. E você, doa sangue?

Sem dúvida alguma Jesus Cristo foi o primeiro doador de sangue. Sim, Ele deu o Seu sangue para salvar vidas. Tomou essa decisão livremente e por amor. “no qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça” (Ef 1. 7)
Uma das formas mais abençoadoras que temos a nossa disposição para abençoar as pessoas é sermos doadores de sangue. Sou doador há 10 anos e posso testemunhar a importância desse ato e a facilidade de fazê-lo. Mas como eu viro um doador de sangue?
Ame e tome atitude – A primeira coisa a fazer é amar e decidir-se. Faça isso baseado no amor pelas pessoas. O sangue doado é usado em pessoas que realmente precisam. São acidentados, pessoas que vão fazer alguma cirurgia, pessoas que estão com doenças graves, etc. Todas essas pessoas dependem desse sangue para viver.
Tome nota de quem pode doar – Para doar a pessoa deve ter idade de, no mínimo, 18 anos completos e, no máximo, 65 anos. Algumas doenças impossibilitam a pessoa ser doadora, tais como doença hematológica, cardíaca, renal, pulmonar, hepática, auto-imune, diabetes tipo I, diabetes tipo II com lesão vascular, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramento anormal.
Como fazer a doação – Primeiro localize o hemocentro mais próximo de sua casa. Leve seus documentos. Chegando lá a atendente fará um cadastro rápido. Após esse cadastro você será chamado para uma sala onde será feito um teste rápido para saber se você tem anemia. É feito um furinho minúsculo em um dos dedos e coleta-se uma gota de sangue. Também medem a pressão arterial, o pulso e o peso dos candidatos a doação.
Estando tudo certo a pessoa é chamada a uma sala para uma entrevista confidencial. Nessa entrevista serão feitas perguntas importantes e também haverá espaço para tirar dúvidas sobre a doação. Passando por essa entrevista a pessoa é chamada à sala de doação.
Aqui entra o maior pânico das pessoas: a agulha. Não se preocupe com ela. As pessoas transformam a agulha em um monstro, mas ela não é. Aqui na minha cidade os hemocentros já aplicam uma pequena anestesia antes de colocar a agulha. A dor, com ou sem anestesia, é mínima. Diante da ajuda que está sendo prestada ao próximo a agulha é um fator insignificante.
Passados uns 5 a 7 minutos, que é tempo médio da doação, tudo está terminado. Pronto, você salvou uma vida ou amenizou muito o sofrimento de alguém. Você saí da sala e toma um belo lanche para repor as energias. Valeu muito à pena, você irá pensar logo após sair da sala.
Saindo do hemocentro é hora de programar sua próxima doação. Homens podem doar a cada 2 meses (com, no máximo, 4 doação por ano) e mulheres podem doar a cada 3 meses.
Tome coragem, seja um doador, assim como Jesus o foi! O que te impede de fazer esse bem?Se quiser mais informações sobre doação de sangue, entre no site da Fundação Pró-Sangue, clique aqui

André Sanchez

Blog Esboçando Ideias

Anúncios

Sobre Valéria Andrade


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: